“Não vou tomar vacina e ponto final”, diz Bolsonaro - Plataforma Media

“Não vou tomar vacina e ponto final”, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista ao Brasil Urgente que vai dar sinal verde à compra e à aplicação de todas as vacinas contra o novo coronavírus que forem autorizadas pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas que ele particularmente não vai tomar nenhuma.

“Eu não vou tomar vacina e ponto final. Minha vida está em risco? O problema é meu”, disse o presidente, reforçando que vai liberar R$ 20 bilhões para a compra dos imunizantes e que a vacinação não pode ser obrigatória. “É universal, à disposição de quem quiser. Mas tem que ter responsabilidade. O fabricante fala que não é responsável por efeito colateral nenhum”.

Na entrevista, Bolsonaro também reiterou que confia em medicamentos preventivos contra a Covid-19, como a hidroxicloroquina. “Salvou minha vida”, disse o presidente, que já contraiu o vírus. “E minha mãe de 93 anos tem sempre uma caixa do lado dela”.

Leia mais em Band

Este artigo está disponível em: English 繁體中文

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro quer que os vacinados à Covid-19 assinem um termo de responsabilidade

BrasilEconomia

Bolsonaro garante vacina grátis para todos desde que certificada pela Anvisa

BrasilSociedade

Governador de São Paulo diz que vacinação à Covid-19 deve iniciar em janeiro

BrasilPolítica

Covid-19: plano de imunização está praticamente pronto, diz Bolsonaro

Assine nossa Newsletter