Papa Francisco doa 100 mil euros para apoiar deslocados de Cabo Delgado, Moçambique - Plataforma Media

Papa Francisco doa 100 mil euros para apoiar deslocados de Cabo Delgado, Moçambique

O Papa Francisco doou 100 mil euros para apoiar deslocados da violência em Cabo Delgado, norte de Moçambique, disse hoje à Lusa o bispo de Pemba, Luiz Fernando Lisboa, verba que vai servir para erguer dois postos de saúde

“Num gesto de caridade pastoral, o Papa Francisco ofereceu 100 mil euros para podermos aplicar no atendimento aos deslocados”, referiu o prelado, detalhando ser um gesto frequente do líder da igreja católica face a situações complicadas em todo o mundo.

Segundo Luiz Fernando Lisboa, após algumas conversas a nível local, concluiu-se que o donativo devia servir para construir “dois postos de saúde, um em Chiúre, o distrito mais populoso de Cabo Delgado, e outro em Montepuez”, sudoeste da província, longe dos ataques de rebeldes e um dos locais seguros que os deslocados em fuga tentam alcançar.

Após perderem tudo, sujeitos à fome e a longos dias de fuga no mato, os cuidados de saúde estão entre as principais necessidades das famílias que fogem da guerra – sendo metade crianças.

“Com certeza, como homenagem, vamos dar o nome de Papa Francisco” aos novos postos de saúde, referiu Luiz Fernando Lisboa, explicando que já há desenho e orçamento para brevemente começar a construção.

Dentro de dois a três meses as duas unidades deverão começar a atender deslocados.

O bispo de Pemba considera importante o apoio de figuras mobilizadoras como o Papa Francisco para que mais doações possam chegar a Cabo Delgado, onde persiste um défice de ajuda humanitária face à dimensão da crise.

Artigos relacionados
MoçambiquePolítica

Cabo Delgado: Novas certidões de nascimento para quem perdeu tudo

MoçambiquePortugal

Bispos portugueses pedem apoio internacional para “problemas graves” em Cabo Delgado

MoçambiqueSociedade

Bispos avisam que situação no distrito de Muidumbe, Cabo Delgado, é "crítica" e "muito instável"

EntrevistaMoçambique

Entrevista Plataforma: “Quem puder ajude-nos” – o apelo do Bispo de Pemba, uma cidade superlotada

Assine nossa Newsletter