Deputado do MPLA Manuel Rabelais começa a ser julgado no Supremo por peculato - Plataforma Media

Deputado do MPLA Manuel Rabelais começa a ser julgado no Supremo por peculato

O antigo director do extinto Gabinete de Revitalização da Comunicação Institucional e Marketing da Administração (GRECIMA), Manuel Rabelais, começa a ser julgado a 9 deste mês, no Tribunal Supremo

O facto foi anunciado ontem, em Luanda, pelo juiz conselheiro Daniel Modesto Geraldes, presidente da Câmara Criminal do Tribunal Supremo, que disse estarem criadas as condições para o julgamento, que vai decorrer na nova sala de audiências do Tribunal Supremo.
Rabelais é acusado de crimes de peculato, violação de normas de execução do plano e orçamento, recebimento indevido de vantagens e branqueamento de capitais, enquanto director do extinto GRECIMA.

Os crimes de que é indiciado o também deputado à Assembleia Nacional pelo  MPLA, com mandato suspenso, se referem ao período 2016-2017. Além do ex-ministro da Comunicação Social, está arrolado no processo, como arguido, Hilário Santos, então assistente-administrativo do GRECIMA.

Leia mais em Jornal de Angola

Related posts
MacauSociedade

Universidade de Macau aposta na internacionalização

AngolaPolítica

UNITA diz que Tribunal Constitucional aceitou providência cautelar

AngolaSociedade

“Caçadores de óbito”, os truques para matar a fome em Luanda à custa dos funerais

AngolaPolítica

João Lourenço pressionado a acusar Manuel Vicente

AngolaPolítica

Retirada imunidade parlamentar a deputado do MPLA acusado de peculato

Assine nossa Newsletter