Deputado do MPLA Manuel Rabelais começa a ser julgado no Supremo por peculato - Plataforma Media

Deputado do MPLA Manuel Rabelais começa a ser julgado no Supremo por peculato

O antigo director do extinto Gabinete de Revitalização da Comunicação Institucional e Marketing da Administração (GRECIMA), Manuel Rabelais, começa a ser julgado a 9 deste mês, no Tribunal Supremo

O facto foi anunciado ontem, em Luanda, pelo juiz conselheiro Daniel Modesto Geraldes, presidente da Câmara Criminal do Tribunal Supremo, que disse estarem criadas as condições para o julgamento, que vai decorrer na nova sala de audiências do Tribunal Supremo.
Rabelais é acusado de crimes de peculato, violação de normas de execução do plano e orçamento, recebimento indevido de vantagens e branqueamento de capitais, enquanto director do extinto GRECIMA.

Os crimes de que é indiciado o também deputado à Assembleia Nacional pelo  MPLA, com mandato suspenso, se referem ao período 2016-2017. Além do ex-ministro da Comunicação Social, está arrolado no processo, como arguido, Hilário Santos, então assistente-administrativo do GRECIMA.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
AngolaPolítica

João Lourenço pressionado a acusar Manuel Vicente

AngolaPolítica

Retirada imunidade parlamentar a deputado do MPLA acusado de peculato

Assine nossa Newsletter