Sporting confirma favoritismo e segue em frente na Taça - Plataforma Media

Sporting confirma favoritismo e segue em frente na Taça

Ruben Amorim fez algumas alterações no 11 habitual e aproveitou para dar minutos a jogadores menos usados, mas não deu hipótese ao Sacavenense. O resultado final reflete a diferença de qualidade entre as duas equipas. O Guineense Iaquinta marcou o golo de honra da turma de Sacavém.

O Sporting entrou em campo a todo o vapor e Nuno Santos marcou logo aos 3 minutos de jogo. Jovane fez o passe para as costas da defesa, Nuno Santos correu e, só com o guarda-redes pela frente, fez o primeiro do jogo.

Os leões foram carregando e criaram diversas oportunidades de golo, por isso, não foi com surpresa que chegaram aos 2 golos de vantagem. Livre marcado, a bola sobrou para Nuno Santos que cruzou para Coates fuzilar de cabeça. Sem hipóteses.

À meia-hora de jogo, falta na área do Sacavenense e grande penalidade a favor do Sporting. Jovane concretizou e aumentou a diferença para 3-0.

Ainda antes do final da primeira parte, o Sporting marcou mais um golo, mas foi anulado por fora-de-jogo de Nuno Santos.

Ao intervalo, tempo para o Sacavenense homenagear um filho da casa, agora de leão ao peito. Palhinha não calçou as chuteiras mas esteve em campo para recordar o clube onde começou.

E, se o Sporting marcou aos 3 da primeira parte, voltou a marcar aos 3 da segunda. A fórmula já tinha funcionado e teve sucesso mais uma vez. Nuno Santos cruzou, Coates concretizou de cabeça.

Apesar do domínio verde e branco, os de Sacavém aproveitaram um erro do lado esquerdo da defesa e outro do lado direito e reduziram. Iaquinta tem nome de avançado italiano mas é da Guiné Bissau e fez o golo de honra da sua equipa.

Os dois treinadores trocaram algumas peças, de um lado para tentar a surpresa, do outro para dar mais minutos a jogadores com menos utilização, e os dois guarda-redes foram brilhando. Max foi impedindo que o Sacavenense reduzisse, Tiago Mota não deixou que o Sporting dilatasse a diferença.

No entanto, aos 86 minutos, o recém-entrado Pedro Marques aproveitou a apatia dos dois centrais e fez o quinto golo leonino.

As contas ainda não estavam fechadas e Pedro Marques não quis que Coates fosse o único a bisar na partida. O jogador, que tem jogado pela equipa B do Sporting, fez o 6-1.

Em cima do apito final, tempo para o sétimo, com Gonçalo Inácio a desviar da melhor forma um livre indireto.

Sem surpresas, o Sporting segue em frente na Taça de Portugal.

Assine nossa Newsletter