Hacker português admite ataque a Tribunal Eleitoral no Brasil -

Hacker português admite ataque a Tribunal Eleitoral no Brasil

Os ataques informáticos contra o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil registados no último domingo, durante a primeira volta das eleições autárquicas, partiram de um hacker português em prisão domiciliar, informou o jornal Estado de S. Paulo.

Ojornal brasileiro publicou esta sexta-feira uma ampla reportagem sobre o caso, referindo que falou com o alegado pirata informático, que se identifica com o pseudónimo Zambrius na internet.

O suspeito afirmou que agiu sozinho, em Portugal, munido apenas de um telemóvel porque estava sem acesso a um computador.

“Estou sem computador. Se o tivesse, acredite que o ataque teria um impacto muito maior”, escreveu o hacker, de 19 anos, que disse dedicar-se a explorar vulnerabilidades dos sistemas informáticos.

No dia da votação, a Polícia Federal do Brasil já havia identificado Portugal como a origem de um dos ataques ao sistema informático do TSE, ocorrido antes de 23 de outubro, e que, segundo as autoridades, não afetou as eleições municipais no domingo.

Leia mais em Diário de Notícias

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Mais de 800 candidatos eleitos são investigados por fraude em auxílio emergencial

BrasilPolítica

Sem mostrar provas, Bolsonaro coloca em xeque apuração das eleições

BrasilPolítica

Ataque informático contra tribunal eleitoral do Brasil partiu de Portugal

BrasilPolítica

Brasil realiza hoje eleições em milhares de cidades

Assine nossa Newsletter