Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam - Plataforma Media

Após morte de George Floyd, capas de revistas com negros disparam

Levantamento mostra que em 2020 já foram publicadas mais do que nos 90 anos anteriores somados

Nos EUA, as capas de revista já trouxeram mais negros em 2020 do que em todos os 90 anos anteriores, somados. O dado foi levantado pelo Centro de Inovação de Revistas, da escola de jornalismo da Universidade do Mississippi.

O evento que deflagrou a transformação foi a morte de George Floyd pela polícia de Minneapolis, em 25 de maio. Segundo o levantamento, todas as 126 capas com negros, neste ano, os apresentaram “de uma forma positiva e edificante”.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoPolítica

Quatro polícias franceses acusados por agressão brutal a produtor negro

BrasilSociedade

Artista negro morre baleado por polícia em São Paulo

MundoSociedade

França suspende polícias após agressão brutal a produtor musical negro que durou 20 minutos

BrasilSociedade

Polícia brasileira detém funcionária do Carrefour envolvida na morte de cidadão negro

Assine nossa Newsletter