Marcelo admite levar obrigação da app StayAway Covid ao Constitucional - Plataforma Media

Marcelo admite levar obrigação da app StayAway Covid ao Constitucional

O presidente da República admitiu, esta quinta-feira, tomar ele próprio a iniciativa de suscitar a fiscalização preventiva da constitucionalidade da lei que visa obrigar à utilização da aplicação StayAway Covid junto do Tribunal Constitucional

Marcelo Rebelo de Sousa lembra que o Parlamento irá ter de se pronunciar sobre a proposta de lei do Governo e garantiu, numa declaração em Lisboa, que, se a questão da constitucionalidade da obrigação do uso da aplicação StayAway Covid, for levantada no debate na Assembleia da República – como vário partidos já estão a fazer – tomará ele próprio essa iniciativa.

“O Parlamento tem a faca e o queijo na mão”, disse o presidente da República, garantindo que se persistirem dúvidas sobre a constitucionalidade da lei após o debate parlamentar, “não terá problema nenhum de suscitar a questão para que o Tribunal Constitucional possa clarificar”.

“Prefiro mil vezes pedir ao Tribunal Constitucional que esclareça, do que deixar avançar a discussão”, disse, lembrando que o próprio PS, partido que suporta o Governo, já admitiu ter dúvidas e querer ouvir especialistas no Parlamento.

Leia mais em Jornal de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoPolítica

Presidente do Peru renuncia cinco dias após tomar posse

BrasilPolítica

Gripezinha, golden shower, porrada. Dois anos de Bolsonaro em dez frases

PortugalSociedade

Maioria aprova máscaras obrigatórias na rua, mas não usa Stayaway Covid

MundoPolítica

Antigo Presidente da Índia morre de Covid-19

Assine nossa Newsletter