Responsáveis da StayAway Covid esclarecem Rui Rio após críticas - Plataforma Media

Responsáveis da StayAway Covid esclarecem Rui Rio após críticas

O presidente do PSD criticou esta segunda-feira a aplicação StayAway Covid por não ter alertado que esteve perto de uma pessoa infetada, neste caso, António Lobo Xavier, no Conselho de Estado. Os gestores da aplicação já esclareceram Rui Rio.

O contágio pelo novo coronavírus de António Lobo Xavier, que participou na passada terça-feira na reunião do Conselho de Estado, tem feito correr muita tinta. Foram feitos testes à covid-19 às principais figuras do Estado como Marcelo Rebelo de Sousa, António Costa e Ferro Rodrigues, a ex-presidentes da República como Jorge Sampaio e Cavaco Silva, e à própria presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen — que estava de visita a Portugal. Todos os conselheiros, incluindo Von der Leyen, testaram negativo. Um deles foi também Rui Rio, que esta segunda-feira, deixou críticas à aplicação StayAway Covid.

“Uma vez que estive na reunião do Conselho de Estado a aplicação StayAway Covid devia-me ter alertado. E não alertou”, escreveu o líder social-democrata, ao início da tarde desta segunda-feira, 5 de outubro. Contudo, esta “falha” da aplicação não passará afinal de equívoco.

Horas depois, também no Twitter, a página da StayAway Covid respondeu diretamente a Rio e esclareceu só se é alertado se a pessoa infetada tiver a “aplicação ativa”, estiver a “menos de dois metros de si por mais de 15 minutos”, “tiver recebido do médico um código quando o diagnóstico” for positivo e “tiver inserido esse código na aplicação”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter