Ministério da Justiça culpa estados e STF por demora no uso da Força Nacional contra queimadas - Plataforma Media

Ministério da Justiça culpa estados e STF por demora no uso da Força Nacional contra queimadas

A Secretaria Nacional de Segurança Pública, do Ministério da Justiça, culpou os estados da região do Pantanal e o STF (Supremo Tribunal Federal) pela demora no emprego da Força Nacional para combater as queimadas que devastam o bioma.

Durante participação em audiência na comissão da Câmara dos Deputados nesta terça-feira (6), o secretário adjunto Nacional de Segurança Pública, Rooney Matsui, afirmou que apenas no fim de setembro foi possível planejar o emprego da Força Nacional, com bombeiros e policiais militares.

“Há uma questão judicial que acabou tornando a questão não tão imediata, uma decisão de 24 de setembro, do plenário do STF, que impediu a ação unilateral da Força Nacional, ou seja, sem solicitação ou anuência do Estado”, afirmou o secretário adjunto.

O secretário adjunto afirmou que os pedidos para intervenção da Força Nacional vieram apenas nos dias 21 e 28, por parte, respectivamente, dos estados de Mato Grosso do Sul e Mato Grosso.

“A partir de então, fizemos uma aproximação buscando realizar um diagnóstico. Os estados, por conta do início das chuvas, acreditaram que isso amenizaria os incêndios”, disse Matsui.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter