Partido de extrema direita alemão destituiu membro que propôs ‘gasear’ migrantes - Plataforma Media

Partido de extrema direita alemão destituiu membro que propôs ‘gasear’ migrantes

O partido de extrema direita alemão AfD anunciou, nesta segunda-feira (28), a destituição de um de seus membros, um ex-porta-voz no Bundestag (parlamento), porque propôs “atirar” ou “gasear” os refugiados.

O executivo do grupo Alternativa para Alemanha (AfD) na câmara baixa do parlamento decidiu nesta segunda por unanimidade destituir Christian Lüth, sem aviso prévio.

Este funcionário do AfD foi gravado em fevereiro passado por uma equipe de televisão alemã, sem que soubesse.

Leia mais em IstoÉ.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
ChinaPolítica

Washington, Londres e Berlim pedem fim da repressão dos uigures, Pequim denuncia um "truque"

MundoSociedade

EUA: Centenas de migrantes deportados são "largados" em zona perigosa do México

MundoPolítica

Médicos sem Fronteiras manifesta preocupação com migrantes que rumam aos EUA

China

Alemanha e China intensificam cooperação sobre alterações climáticas

Assine nossa Newsletter