Esta é a única forma segura de guardar a máscara entre utilizações

Esta é a única forma segura de guardar a máscara entre utilizações

Muitas pessoas optam por a guardar na mala ou saco. Outras, colocam-na no colo e há ainda que as pendure nos braços enquanto está a comer.

Sendo obrigatório o uso de máscara em locais públicos fechados, quando chega a hora de comer, esta pode ser tirada. Mas ainda que possa fazer isso, há que prestar atenção à forma como a guarda, de forma a garantir que ela não fique contaminada com o novo Coronavírus.

Muitas pessoas optam por a baixar para o queixo ou por a guardar na mala ou saco que carregam consigo; outras, simplesmente, colocam-na no colo e há ainda quem as pendure nos braços enquanto está a comer.

Não é necessário um especialista em microbiologia para perceber que guardá-la destas formas não é o mais higiénico, principalmente numa altura em que todo o cuidado é pouco. O risco de ser infetada não apenas pelo Covid-19, mas por outras bactérias que possam ter aderido à máscara, torna esta prática imprudente.

Factos confirmados ao site espanhol SModa, pela farmacêutica Marián García. “Colocar a máscara no cotovelo não apenas favorece a contaminação de outras pessoas e superfícies do corpo, mas também de mesas e paredes”, afirma a especialista.

Para os atletas e outros pedestres que decidem guardar a máscara nas mãos quando correm em áreas onde é possível manter a distância de segurança, esta atitude também é desaconselhada. “Existe o risco de a máscara esfregar contra outras pessoas ou superfícies. Quando é removida, não deve ser exibida como um troféu ou como uma bandeira”, explica a farmacêutica.

Leia mais em Delas

Related posts
MundoSociedade

Especialistas acreditam na necessidade do uso de máscaras melhores

MacauSociedade

Macau já vendeu mais de 87 milhões de máscaras

Sociedade

Lacoste produziu 100 mil máscaras de proteção

Assine nossa Newsletter