Delegada de Saúde Pública defende 13 de outubro em Fátima sem peregrinos - Plataforma Media

Delegada de Saúde Pública defende 13 de outubro em Fátima sem peregrinos

A delegada de Saúde Pública do Médio Tejo defendeu que as cerimónias religiosas do 13 de Outubro no Santuário de Fátima, Ourém, decorram “sem a presença de peregrinos”, a exemplo do que sucedeu em 13 de maio.

“A minha posição é a posição que a Igreja adotou para o 13 de maio”, disse hoje à agência Lusa Maria dos Anjos Esperança, coordenadora da Unidade de Saúde Pública (USP) do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, tendo defendido a realização das “cerimónias, sim, mas sem peregrinos” naquele município do distrito de Santarém.

“A Igreja que tão bem esteve no 13 de Maio, fazendo a transmissão das cerimónias para que todos as pudessem acompanhar, acho que agora em outubro, para bem da população, para bem de todos, poderia também adotar essa postura. Eu sou dessa opinião”, afirmou.

Leia mais em TSF

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter