Morreu técnico de basquetebol universitário John Thompson, mentor de estrelas da NBA - Plataforma Media

Morreu técnico de basquetebol universitário John Thompson, mentor de estrelas da NBA

A NBA e o basquetebol norte-americano estão de luto. Morreu um dos treinadores universitários mais carismáticos de sempre. John Thompson tinha 78 anos e lançou estrelas como Patrick Ewing, Alonzo Mourning, Dikembe Mutombo ou Allen Iverson, todos jogadores do Hall of Fame.

A notícia foi avançada pela família do técnico esta segunda-feira. “O nosso pai foi uma inspiração para muitos e dedicou a sua vida não apenas ao desenvolvimento dos jovens mas, o mais importante, também fora do campo de basquetebol”, pode ler-se num comunicado da família, tornado público pela equipa de basquetebol da Universidade de Georgetown.

Thompson – ou “The Caddy” – jogou duas temporadas na NBA e foi campeão duas vezes pelos Boston Celtics. Mais tarde, assumiu o comando da equipa universitária de Georgetown, na sua cidade natal, Washington, em 1972, onde venceu 596 jogos.

‘Big John’ transformou o programa de basquetebol daquela universidade, na altura com pouco prestígio, até ser campeão universitário (NCAA) em 1984, com Patrick Ewing como principal destaque da equipa. Além do 11 vezes NBA All-Star Ewing, que foi escolhido em primeiro lugar no draft da NBA do ano seguinte e se tornaria numa lenda do New York Knicks e do jogo, Thompson formou ainda três outros jogadores que entraram no Hall of Fame: Dikembe Mutombo, Alonzo Mourning e Allen Iverson.

“Obrigado por salvar a minha vida, treinador. Vou sentir a sua falta, mas tenho a certeza que está a olhar por nós com um grande sorriso”, escreveu Iverson, estrela dos Philadelphia 76ers, nas redes sociais. “Daria qualquer coisa por mais um telefonema seu. Conversávamos sobre tudo, exceto basquete”, acrescentou a primeira escolha do draft de 1996, também 11 vezes NBA All-Star.

“Foi meu mentor, grande professor, herói e figura paterna para muitos de nós que tivemos a oportunidade de jogar para ele”, escreveu Mutombo, quarto do draft de 1991, oito vez NBA All-Star e antiga estrela dos Denver Nuggets, Atlanta Hawks ou Houston Rockets, entre outros clubes.

Alonzo Mourning, segunda escolha do draft de 1992, estrela dos Miami Heat (onde foi campeão em 2006) e dos Orlando Magis, entre outros, também deixou uma mensagem ao antigo mentor. “Hoje, perdi uma figura paterna, um treinador de longa data e um dos meus maiores mentores. Treinador Thompson, salvou minha vida, continuamente motivando-me e moldando para ser o homem que sou hoje. Treinador, obrigado por tudo e sempre irei honrá-lo pagando adiantado! Amo-te. Descanse em paz.”

A estrela maior da NBA, Michael Jordan, referência da seleção norte-americana, timoneiro do Dream Team, 14 vezes NBA All-Star e seis vezes campeão pelos Chicago Bulls, também divulgou um comunicado sobre a morte de Thompson. “⁣O treinador Thompson foi realmente um grande homem e uma lenda no basquetebol universitário. Teve um impacto profundo nos seus jogadores e foi uma figura paterna para muitos deles. Admirava e o amava-o profundamente. As minhas mais profundas condolências à sua família e à comunidade de Georgetown.”

Thompson foi ainda selecionador dos Estados Unidos nos Jogos Olímpicos de Seul, na Coreia do Sul em 1988, a última formada apenas por jogadores universitários. A equipa que comandava foi eliminada nas meias-finais pela então União Soviética, mas depois conquistou a medalha de bronze.

Em 1999, Thompson também colocado no The Naismith Memorial Basketball Hall of Fame e deixou o cargo de treinador da Universidade de Georgetown, tendo sido substituído pelo seu filho John Thompson III, em 2004, que ficou no comando da jovem equipa por mais 13 anos.

Artigos relacionados
LifestyleMundo

Dwyane Wade fotografado sem saber durante pedido de casamento

AngolaDesporto

Selecionador nacional de basquetebol sénior masculino angolano é anunciado este mês

DesportoMundo

Lakers vencem Heat e conquistam 17.º título na NBA, igualando os Celtics

DesportoMundo

Lakers estão a um passo do título da NBA após 10 anos de pesadelos

Assine nossa Newsletter