Furacão Laura perde força e passa a depressão tropical - Plataforma Media

Furacão Laura perde força e passa a depressão tropical

Ciclone atingiu EUA com mais força que Katrina, mas perdeu potência e causou menos danos que o previsto. Números oficiais apontam para pelo menos 6 mortes.

O furacão Laura deixou pelo menos seis mortos durante sua passagem pelo estado da Louisiana, no sul dos Estados Unidos. Apesar das expectativas catastróficas, o fenômeno perdeu força enquanto avançava pelo continente e foi rebaixado à categoria de depressão tropical, com ventos de até 62 km/h.

As mortes confirmadas estão relacionadas a acidentes derivados da tempestade. Quatro pessoas morreram em decorrência da queda de árvores, um homem morreu envenenado por monóxido de carbono produzido pelo gerador de sua casa, e outro morreu afogado durante as inundações. As seis vítimas tinham idades entre 14 e 64 anos.

“Estou preocupado porque, à medida que continuarmos saindo e guiando buscas e resgates primários e secundários, encontraremos mais mortos”, disse o governador da Louisiana, John Bel Edwards. Apesar disso, ele disse que o estado tem “muito a agradecer”.

“Está claro que não sofremos e não sofreremos os danos catastróficos que imaginamos baseados na previsão que fizemos”, disse Edwards. “Mas sofremos uma enorme quantidade de danos, e milhares de moradores do estado tiveram suas vidas viradas de cabeça para baixo.”

Na Louisiana e no Texas, cerca de 700 mil pessoas estão sem eletricidade, enquanto os alertas de vigilância para enchentes, chuvas fortes e previsão de tornados isolados abrangem uma área de 8 milhões de habitantes.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter