Brasil regista 142 casos de Sim-P, síndroma em crianças associado à Covid-19 - Plataforma Media

Brasil regista 142 casos de Sim-P, síndroma em crianças associado à Covid-19

Especialistas dizem que casos do síndroma Sim-P nas crianças são relativamente raros, mas fazem alerta para a necessidade de um diagnóstico precoce

Primeiro, veio a febre alta, que não passava. Depois, surgiram manchas na ponta dos pés. Como é médica, Caroline Oliveira, 34, desconfiou ao ver o quadro do filho Miguel, de um ano e meio.

Um dia antes, seu marido apresentou sintomas de Covid-19, mas a situação do filho, que começou a ter febre logo em seguida, parecia diferente.

“Eu já tinha visto um artigo sobre casos de uma síndrome inflamatória rara na Itália. Fiquei preocupada, mas pensei que era coisa da minha cabeça”, afirma. “Mas logo as manchas pioraram.”

Assustada, Caroline fez duas visitas a médicos com o filho —em uma delas, os exames tinham poucas alterações, e ela foi orientada a voltar para casa e monitorar a evolução.

“Mas a febre ainda estava altíssima e as manchas começaram a ficar arroxeadas. No dia seguinte, vi que ele estava mal, sonolento e que começou a baixar o nível de consciência. Entrei em desespero.”

Em nova ida ao hospital, Miguel foi internado e transferido a UTI. O quadro foi diagnosticado como síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica (Sim-P), doença que vem sendo investigada por uma possível associação com a Covid-19.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilSociedade

Covid-19 matou mais crianças pequenas do que 14 doenças em 10 anos

BrasilSociedade

Brasil identifica novas linhagens mais transmissíveis de COVID-19 no país

BrasilSociedade

Quatro em 10 pessoas com diabetes morreram após internação por Covid no Brasil

BrasilSociedade

Cidades de São Paulo recomendam uso de máscara em escolas

Assine nossa Newsletter