Exército do Brasil gastou 1,5 milhões para fazer cloroquina - Plataforma Media

Exército do Brasil gastou 1,5 milhões para fazer cloroquina

Tribunal de Contas do Brasil suspeita de sobrefaturação nas compras do Exército, além de má aplicação dos recursos públicos pelo Presidente Bolsonaro

Medicamento teve uso suspenso para o tratamento do coronavírus pela Organização Mundial da Saúde

O Laboratório Químico e Farmacêutico do Exército já gastou mais de R$ 1,5 milhão para ampliar, em 100 vezes, sua produção de cloroquina —medicamento cujo uso foi suspenso, nesta semana, para o tratamento da Covid-19 pela Organização Mundial da Saúde.

A ampliação da produção entrou no alvo do Tribunal de Contas da União, que investiga suspeita de superfaturamento nas compras do Exército, além da participação do presidente Jair Bolsonaro em suposta má aplicação de recursos públicos, já que o medicamento nunca teve comprovação científica para tratar a Covid-19 .

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
MundoPolítica

Talibã pretende equipar Afeganistão com 'grande Exército'

ChinaPolítica

Exércitos da China e Rússia realizarão exercício conjunto no noroeste da China

BrasilPolítica

Ministro brasileiro nega eficácia de fármacos defendidos por Bolsonaro

BrasilPolítica

Bolsonaro é o maior influenciador de cloroquina do mundo

Assine nossa Newsletter