Líder de grupo armado da extrema-direita do Brasil detida - Plataforma Media

Líder de grupo armado da extrema-direita do Brasil detida

Prisão de bolsonarista líder do grupo armado de extrema direita foi autorizada pelo juiz Alexandre de Moraes, o mesmo que ordenou o governo de Bolsonaro a divulgar os números da Covid-19

A ativista do movimento 300 do Brasil Sara Winter foi presa em Brasília pela Polícia Federal na manhã desta segunda (15).

O mandado foi autorizado pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal.

A ativista é uma das investigadas no inquérito das fake news.

A prisão, no entanto, saiu de outro inquérito, do que apura a realização de atos antidemocráticos, também sob relatoria de Moraes. Há outras medidas em andamento.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Milhares de indígenas acampam em Brasília em defesa das suas terras

BrasilSociedade

Reportagem: Capital do Brasil vive ambiente de esperança após início da vacinação

BrasilPolítica

Bolsonaro: "Quem decide se um povo vai viver democracia ou ditadura são as Forças Armadas"

BrasilPolítica

Brasil passa a exigir teste negativo de covid-19 para entrada no país

Assine nossa Newsletter