Início » Sheldon Adelson fala de Stanley Ho com admiração

Sheldon Adelson fala de Stanley Ho com admiração

Diana do Mar

Fortes adversários no mundo dos negócios, mas com uma história de vida semelhante em muitas maneiras. É assim que o presidente da Las Vegas Sands, Sheldon Adelson, lembra Stanley Ho, que morreu há uma semana, aos 98 anos, numa declaração enviada à TDM-Rádio Macau.

Mas mais do que “fortes concorrentes”, Sheldon Adelson e Stanley Ho eram praticamente arqui-inimigos. São, de resto, conhecidas acesas ‘trocas de galhardetes’ entre os dois magnatas. Depois da abertura do casino Sands, em 2004, que marca a liberalização, de facto, da indústria do jogo, ao fim de mais de quatro décadas de monopólio, Sheldon Adelson chegou a dizer que Stanley Ho tinha dificuldade em lidar com a concorrência e de habituar-se à nova realidade de que tinha deixado de ser o único peixe grande no pequeno lago de Macau. Foi depois de Stanley Ho ter acusado Sheldon Adelson de estar a levar o dinheiro para os Estados Unidos, em vez de reinvestir os lucros em Macau. Para a história ficou, aliás, o conselho do patrão da Las Vegas Sands a Stanley Ho para ‘deixar a cozinha se não era capaz de aguentar o calor’.

Apesar das divergências, na declaração enviada à TDM-Rádio Macau, Sheldon Adelson sublinha que sempre respeitou os feitos alcançados por Stanley Ho. O magnata norte-americano diz mesmo que, em muitas maneiras, eram parecidos: ambos tinham origens humildes, mas foram capazes de lançar os seus próprios negócios e atingir patamares de sucesso inalcançáveis por muitos.

Leia mais em TDM – Rádio Macau.

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!