Para suceder Kim Jong-un, irmã precisaria romper tradição norte-coreana - Plataforma Media

Para suceder Kim Jong-un, irmã precisaria romper tradição norte-coreana

Com os rumores de que o ditador Kim Jong-un estaria gravemente doente, passou-se a debater quem poderia sucedê-lo no comando da Coreia do Norte. Sua irmã, Kim Yo-jong, tem sido citada pela imprensa internacional como opção, embora mulheres em cargos de comando seja algo raro no país.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
ChinaFuturo

China deu vacina contra a Covid-19 a Kim Jong-un, afirma especialista

Política

Execuções e capital confinada. Como a Coreia do Norte controla a covid-19

AngolaPolítica

Angola e Coreia do Norte fortalecem cooperação

MundoPolítica

João Micaelo, o português amigo de Kim Jong-un: “Fumámos o primeiro cigarro juntos"

Assine nossa Newsletter