Desejos e expectativas - Plataforma Media

Desejos e expectativas

Este ano é o ano wuxu segundo o calendário lunar chinês, correspondendo ao signo do cão. Muitos estrangeiros não conhecem bem a forma como o calendário lunar e o zodíaco chinês funcionam, e até mesmo muitos jovens chineses hoje em dia não estão familiarizados com o assunto. 

O primeiro dos pares do zodíaco é constituído pelo rato e pelo boi. O primeiro representa a sabedoria e o segundo a dedicação, ambas características que se complementam. Se existir sabedoria, mas faltar dedicação, a pessoa em causa irá ser apenas um “espertalhão”. Por outro lado, dedicação sem sabedoria resulta em estupidez. Por isso, ambas dependem uma da outra. 

O segundo par é constituído pelo tigre e pelo coelho. O tigre representa a coragem, enquanto o coelho representa a prudência. Estas características são essências para evitar uma coragem descuidada. Coragem sem prudência resulta em precipitação, enquanto prudência sem coragem resulta em cobardia. 

O dragão e a cobra formam o terceiro par, com o dragão a representar a força e a cobra a representar a flexibilidade. Este par contém a lição dos nossos antepassados de que devemos combinar força com flexibilidade. Algo forte, mas que não seja flexível irá partir-se facilmente. Por outro lado, algo flexível, mas fraco, perderá o seu valor. 

Cavalo e cabra constituem o quarto par. O cavalo representa o ato de marchar corajosamente, e a cabra representa a gentileza e consideração. Se uma pessoa apenas seguir em frente sem prestar atenção àqueles que a rodeiam, irá encontrar obstáculos constantes que a impedirão de atingir a sua meta final. Por outro lado, alguém que apenas presta atenção ao seu ambiente e que caminha sem rumo, também não conseguirá no final atingir o seu objetivo. 

Os elementos do quinto par são o macaco e o galo. O macaco simboliza a agilidade e o galo a estabilidade. Com agilidade, mas sem estabilidade, até mesmo uma boa estratégia não trará sucesso. Por um lado, a estabilidade é necessária para que se garanta harmonia e ordem, por outro lado, agilidade é essencial para avançar com sucesso. 

O ultimo par é formado pelo cão e pelo porco. O cão simbolizando a lealdade e o porco a amabilidade. Alguém que é leal, mas não é amigável, irá afastar aqueles que o rodeiam. Em contrapartida, alguém amigável, mas sem lealdade, será alguém sem princípios. Quer seja lealdade a uma nação ou às suas próprias convicções, esta terá sempre de ser combinada com amabilidade.

Os 12 signos que constituem estes seis pares não devem ser analisados individualmente. Os nossos antepassados, aquando da criação deste sistema, deixaram espelhar as suas esperanças e expectativas para com as gerações futuras. Por isso, como chineses, devemos procurar saber mais sobre o significado destes 12 signos. 

Esta explicação foi usada por Zhou Enlai, na altura primeiro-ministro da China, para transmitir a alguns aristocratas europeus a razão pela qual não podiam menosprezar os antepassados chineses. 

DAVID Chan 23.02.2018

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter