Alerta vermelho - Plataforma Media

Alerta vermelho

HЗ linhas que nЛo se podem cruzar, sob pena de perdermos a identidade da RAEM, a separaНЛo de poderes e um Estado de Direito vincado por liberdades e garantias que О diverso do Continente. Se virarmos costas ao que О mais Чbvio deixamos de ser quem somos; ou aquilo que pensЗvamos ser. Macau enfrenta esse risco, porque dar И PolТcia JudiciЗria acesso aos dados pessoais de lТderes associativos, indiscriminadamente, sem razЫes investigatЧrias nem controlo judicial, nЛo О um erro ingОnuo nem merece debate interpretativo. Г, pura e simplesmente, abrir a Caixa de Pandora, porque essa О a linha que separa um regime saudЗvel do medo da caНa Иs bruxas.

Tenho dito, em pЬblico e em privado, que sentir hoje Macau na pele О assumir o ADN da China; diria mesmo: apoiar a integraНЛo regional, por projeto polТtico, ambiНЛo de escala e oportunidade econЧmica. Г tambОm claro para os cidadЛos de Macau que a liberdade que existe nЛo inclui democracia formal nem voto universal. JЗ era assim; nЛo foi a transiНЛo de poderes que pЩs isso em causa. Passo aliЗs bem sem a democracia, desde que sinta e viva a liberdade. E О essa a massa de que sЛo feitos os nossos governantes: sЛo patriotas e governam em nome da MЛe PЗtria; mas sabem bem a distЙncia entre uma coisa e outra, respeitam o direito И diferenНa e cultivam o carЗter Ьnico deste regime. Como indivТduo, e enquanto jornalista, senti sempre essa linha traНada na RAEM.

Contudo… Por duas vezes, em pouco tempo, o Gabinete de ProteНЛo de Dados Pessoais lanНa o alerta vermelho. Primeiro, a atual secretЗria para a JustiНa abusou da proteНЛo de dados voluntariamente transmitidos pelos votantes para abortar o referendo И democracia; agora, Vasco Fong entrega Иs polТcias o que О exclusivo de cada cidadЛo, incluindo convicНЫes polТticas e visЫes do mundo. Sendo juiz de formaНЛo, nЛo tem certamente dЬvidas sobre o que estЗ em causa; logo, terЗ pressЫes ou motivaНЫes polТticas.

Sejamos claros: hЗ mais China em Macau. Г inevitЗvel e, em muitos casos, atО saudЗvel. O que nЛo pode О haver menos Macau na nova China. Г essa a linha que О importa salvaguardar.

Paulo Rego

11 de setembro 2015

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
Opinião

Liberalismo selvagem

Opinião

A Carne De Porco É Cara? Criemos Porcos!

Opinião

Pedido de Compensação Americano Terá Lugar Amanhã

Opinião

O caminho da montanha

Assine nossa Newsletter