Início Escolhas Plataforma As flores estão a evoluir para terem menos sexo

As flores estão a evoluir para terem menos sexo

À medida que o número de abelhas e outros polinizadores diminui, as violetas-dos-campos adaptam-se fertilizando as suas próprias sementes, descobriu um novo estudo.

Todas as primaveras, biliões de flores reproduzem-se com a ajuda de abelhas e outros animais. Atraem os polinizadores para as suas flores com cores garridas e néctar. Ao deslocarem-se de flor em flor, os animais levam consigo o pólen, capaz de fertilizar as sementes de outras plantas.

Um novo estudo sugere que os humanos estão a alterar rapidamente este ritual anual da primavera. À medida que os pesticidas tóxicos e o desaparecimento dos habitats foram reduzindo as populações de abelhas e outros polinizadores, algumas flores evoluíram para fertilizar mais frequentemente as suas próprias sementes, em vez das de outras plantas.

Os cientistas mostraram-se surpreendidos com a rapidez das mudanças, que ocorreram em apenas 20 gerações. “Trata-se de uma rápida evolução”, afirmou Pierre-Olivier Cheptou, ecologista evolutivo da Universidade de Montpellier, em França, que liderou a investigação.

Leia mais em Diário de Notícias

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!