Dos 1500 euros no Sporting ao louco salário de 200 milhões por ano na Arábia

por Gonçalo Lopes

A decisão de Cristiano Ronaldo ir jogar para a Arábia Saudita não é alheia ao cheque que acompanha a assinatura do contrato com o Al-Nassr: 500 milhões de euros por dois anos e meio, ou seja, até junho de 2025. Na prática, a estrela portuguesa arrecada 200 milhões de euros por cada ano de vínculo, tornando-se assim no futebolista com ordenado mais alto de sempre, superando o francês Kylian Mbappé, que em maio de 2022 renovou com o Paris Saint-Germain, passando a auferir 72 milhões de euros por cada um dos três anos de vínculo, de acordo com uma notícia do jornal Le Parisien.

Aliás, aos ordenados o avançado francês juntou-lhe ainda um bónus de assinatura de 180 milhões de euros e ainda um prémio de fidelidade de 70 milhões. Se cumprir os restantes dois anos de contrato, receberá ainda 80 milhões em 2024 e 90 milhões em 2025, com o Paris Saint-Germain a ter um encargo total de 636 milhões de euros se todas as metas forem atingidas.

O Al-Nassr é o quinto clube da carreira de Cristiano Ronaldo, depois de Sporting (2002-03), Manchester United (2003 a 2009 e 2021 a 2022), Real Madrid (2009 a 2018) e Juventus (2018 a 2021). Desde os 1500 euros mensais que ganhava em Alvalade em 2003, ao salário anual de 70 milhões (excluindo prémios e direitos de imagem) que vai ter no clube saudita, vai uma carreira recheada de títulos coletivos (33, incluindo cinco Champions) e individuais (45, incluindo cinco Bolas de Ouro/The Best).

O talento precoce tirou-o do Sporting antes mesmo de se afirmar na equipa principal e assinar contrato profissional. Era júnior e recebia o salário-base de um jogador da formação na altura. A mudança para Old Trafford fez-se a troco de um ordenado de 150 mil euros por mês, valor que o Manchester United aumentou para 380 mil no segundo ano. A partir daí foi sempre a crescer a nível desportivo, pelo que o rendimento em campo passou a ser contabilizado em milhões. Recebia 9,1 milhões por época quando deixou os red devils em 2009 para rumar ao Real Madrid, onde passou a auferir 21 milhões por temporada.

Leia mais em Diário de Notícias

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!