Mario Draghi renuncia ao cargo de primeiro-ministro em Itália - Plataforma Media

Mario Draghi renuncia ao cargo de primeiro-ministro em Itália

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, apresentou esta quinta-feira a renúncia, disse o gabinete do presidente Sergio Mattarella, depois de o governo de coligação de unidade nacional se ter desmoronado.

Draghi apresentou “a sua renúncia e a do governo que ele lidera”, refere o comunicado.

O presidente “tomou nota disso” e o governo permaneceu no local para “conduzir a gestão corrente”, acrescenta a nota.

O primeiro-ministro, que compareceu esta quinta-feira no Senado para tentar reconstruir a coligação de unidade nacional que o apoiou, acabou por perder o apoio de três membros do seu governo: o populista M5S, o conservador Força Itália (FI), de Silvio Berlusconi, e a Liga de extrema-direita de Matteo Salvini.

Mario Draghi deixou o Senado após saber das intenções dos seus parceiros e antes do final da votação, que ganhou com 95 votos a favor e 38 contra, embora apenas 133 dos 320 senadores tenham votado.

Leia mais em Diário de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Related posts
Política

Mario Draghi propõe novo pacto em Itália

Política

Começam negociações políticas na Itália sobre futuro do governo

PolíticaSociedade

Medidas de segurança após avalanche geram polêmica na Itália

MundoSociedade

Primeiro-ministro italiano relaciona tragédia nos Alpes à mudança climática

Assine nossa Newsletter