Mais uma marca: H&M decide sair da Rússia - Plataforma Media

Mais uma marca: H&M decide sair da Rússia

A gigante do vestuário Hennes & Mauritz (H&M), que em março suspendeu as vendas na Rússia, anunciou que se vai retirar gradualmente do país devido à invasão da Ucrânia.

“Após uma reflexão cuidadosa, vemos que é impossível continuar os nossos negócios na Rússia tendo em conta a situação”, disse a diretora-geral do grupo sueco, Helena Helmersson, num comunicado.

Na estratégia de saída do mercado russo, a H&M prevê reabrir temporariamente as suas lojas, que foram encerradas dias após o início da invasão da Ucrânia, para vender o “stock”.

Segundo o grupo, esta retirada deverá custar-lhe um total de dois mil milhões de coroas suecas (cerca de 189 milhões de euros), incluindo uma redução da liquidez de cerca de mil milhões de coroas.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Este artigo está disponível em: English

Related posts
Política

Ucrânia rejeita responsabilidade por explosões em base aérea na Crimeia

Sociedade

Rússia relata explosão de munições em base aérea na Crimeia, sem vítimas

Sociedade

Romenos aconselhados a comprar comprimidos de iodo por risco de desastre nuclear

Política

Rússia acusa Ucrânia de ataque à central nuclear e alerta para "consequências catastróficas"

Assine nossa Newsletter