Ativista pró-independência Edward Leung libertado

Ativista pró-independência Edward Leung libertado

O ativista Edward Leung, rosto do movimento independentista em Hong Kong, foi ontem libertado da prisão após quase quatro anos detido. “O departamento de serviços prisionais organizou a libertação do prisioneiro em questão da prisão Shek Pik, nas primeiras horas da manhã” de quarta-feira, referiu o organismo em comunicado

Ativista pró-independência é libertado. Edward Leung, de 30 anos, foi condenado, em 2018, a seis anos de prisão na sequência de um violento confronto com a polícia local em 2016, onde os manifestantes atiraram tijolos e queimaram pneus nas ruas. Leung revelou, por volta das 05:45 de quarta-feira, que já estava junto da sua família.

Leia também: Ativista de Hong Kong declara-se culpado de secessão e pode pegar prisão perpétua

O ativista pró-independência foi libertado e disse que “após quatro anos, quero aproveitar este precioso tempo que tenho com a minha família e voltar a ter uma vida normal. Gostaria de expressar a minha sincera gratidão pelo apoio”, referiu. O activista acrescentou que pretende “ficar longe dos holofotes e parar de utilizar as redes sociais”, estando legalmente obrigado a fazê-lo, uma vez que continua sob vigilância.

Leia mais em Hoje Macau

Artigos relacionados
Mundo

EUA multam Twitter por violação de dados confidenciais

MundoSociedade

EUA de luto após massacre 'racista'

MundoPolítica

Ucrânia fará primeiro julgamento por crimes de guerra após invasão russa

Hong KongPolítica

Organizadores de vigília por Tiananmen acusados de serem “agentes estrangeiros”

Assine nossa Newsletter