Chineses confinados por covid em Xian não têm o que comer - Plataforma Media

Chineses confinados por covid em Xian não têm o que comer

Os habitantes de Xian informaram que não têm alimentos, enquanto as autoridades chinesas afirmam que a oferta de comida é “suficiente” na cidade confinada devido à covid-19.

Xian (norte), famosa pelo exército subterrâneo do primeiro imperador da China, está confinada há uma semana, depois de registrar casos de covid-19. 

Os 13 milhões de habitantes têm direito de sair para se abastecer com comida apenas uma vez a cada três dias. 

Na quarta-feira, as autoridades locais admitiram que as restrições afetavam a oferta de alimentos, mas o governo central relativizou essas dificuldades nesta quinta-feira.

“No geral, a oferta de produtos básicos em Xian é suficiente”, afirmou o porta-voz do ministério do Comércio, Gao Feng, em coletiva de imprensa online.

O porta-voz acrescentou que seu ministério tomaria medidas adicionais para garantir o abastecimento de Xi’an em caso de necessidade. 

A televisão nacional mostrou hoje imagens de funcionários em horáro integral que pediam ovos, verduras e carne antes de ir de porta em porta para entregá-los aos moradores.

No entanto, alguns residentes indicaram, à AFP nesta quinta-feira (30), a falta de alimentos.

Assine nossa Newsletter