Pavilhão mostra que os angolanos estão talhados para superar obstáculos

“Pavilhão de Angola mostra que os angolanos estão talhados para superar obstáculos”

O Presidente da República, João Lourenço, afirmou, quarta-feira (22), no Dubai, que o pavilhão de Angola na Expo 2020 mostra ao mundo que o povo angolano está talhado para vencer, superar obstáculos e caminhar em frente, mesmo quando confrontado com circunstâncias adversas, como as que a pandemia da Covid-19 impôs ao mundo.

O Chefe de Estado, que discursava no acto formal que marcou o Dia de Angola na Expo Dubai 2020, felicitou, pelo sucesso alcançado,  todos os responsáveis pela concepção, construção e elaboração dos programas que o pavilhão tem exibido aos visitantes.

“Estou aqui hoje neste espaço, em que convergem culturas, conhecimentos, experiências e o saber dos diferentes povos do nosso planeta, a fim de celebrarmos o dia nacional de Angola na Expo Dubai 2020, e testemunhar, em representação de todos os angolanos, a capacidade empreendedora que nos é característica, pos-ta em evidência com particular criatividade no nosso pavilhão”, disse.

João Lourenço destacou o tema do evento –  “Conectando o Mundo e Construindo o Futuro” – à volta do qual se realizam manifestações no campo cultural,  científico, tecnológico e da inovação.

Em tudo isso, disse observar o papel activo dos angolanos no geral, mas dos jovens em particular, por terem sabido ser a força activa preponderante na construção do presente e do futuro, pela relação que estabelecem com as novas tecnologias, ferramentas fundamentais no processo de construção de pontes entre os fortes valores da tradição e os da modernidade.

“A construção de um futuro de desenvolvimento e de bem-estar no nosso país apela-nos para a necessidade da preservação do ambiente, por forma a contribuirmos para a sustentabilidade do nosso planeta”, defendeu o Presidente.

Para João Lourenço, a cidade do Dubai é um exemplo positivo da coexistência salutar entre o passado e o futuro, o tradicional e o moderno, tendo sempre em foco o desenvolvimento sustentável.

Leia mais em Jornal de Angola

Assine nossa Newsletter