Combates entre militares e rebeldes aumentam no noroeste do país

Combates entre militares e rebeldes aumentam no noroeste do país

Os combates entre as forças militares do Myanmar e grupos rebeldes continuaram em zonas do noroeste do país. Populações foram deslocadas devido aos bombardeamentos e autoridades cortaram a internet

Hoje, na cidade de Thatlangm, no estado de Chin, houve um confronto duro entre os militares e a Força de Defesa de Chinland, uma das milícias civis que surgiram no país para combater o exército, que tomou o poder em 01 de fevereiro, de acordo com a agência de notícias Chindwin.

A população de Thantlang, palco desses combates, foi atingida por bombardeamentos nas últimas semanas, o que obrigou a maioria de seus 8.000 habitantes a deixarem as suas casas, em muitos casos para cruzar a fronteira com a Índia.

O outro ponto de grande conflito nas últimas semanas é a província de Sagaing, também no noroeste, onde, de acordo com o meio de comunicação Khit Thit Media, o exército tomou as cidades de Monyway e Kyemon e disparou contra a população civil, com um morto confirmado.

De acordo com o portal de notícias DVB, nesta região também ocorreram bombardeamentos aéreos do exército no fim de semana na cidade de Penlebu, onde a ligação de internet foi interrompida.

O corte da internet em pelo menos 23 localidades que estão em conflito nos últimos dias dificulta o fluxo de informações e soma-se às dificuldades causadas pela perseguição à imprensa independente, que, desde o golpe de Estado, teve que passar à clandestinidade em muitos casos, atuando a partir de outros países.

O corte seletivo da internet, especialmente à noite, foi uma das primeiras medidas tomadas pela junta militar após o golpe militar de 01 de fevereiro.

A tomada de poder em Myanmar foi justificada por uma alegada fraude durante as eleições gerais de novembro passado, das quais o partido da líder deposta Aung San Suu Kyi saiu vencedor.

Related posts
ChinaMundo

EUA instam China a cessar “pressão militar” sobre Taiwan

ChinaPolítica

EUA e China concordam respeitar acordo sobre Taiwan

ChinaMundo

EUA anunciam reunião de alto nível com China, na Suíça

ChinaPolítica

Taiwan denuncia incursão recorde de aviões chineses no seu espaço aéreo

Assine nossa Newsletter