Kamala Harris acusa Pequim de coerção e intimidação no Mar da China Meridional

Kamala Harris acusa Pequim de coerção e intimidação no Mar da China Meridional

A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, acusou nesta terça-feira (24) Pequim de coerção e intimidação no disputado Mar da China Meridional, buscando o apoio de seus aliados para enfrentar a China

“Pequim continua a coagir, intimidar e reivindicar a grande maioria do Mar da China Meridional”, acusou Harris em um discurso em Cingapura, no qual expôs as metas de política externa de seu governo para a Ásia.

A vice-presidente americana acrescentou que “as ações de Pequim continuam minando a ordem e ameaçando a soberania das nações. Os Estados Unidos apoiam nossos aliados e parceiros diante dessas ameaças”.

Harris também defendeu a decisão do presidente Joe Biden de dar sequência à retirada de tropas do Afeganistão, chamando a polêmica decisão de uma jogada “corajosa e correta”.

Ela argumentou que as autoridades americanas estão “completamente focadas” na caótica evacuação do aeroporto de Cabul.

A vice-presidente seguirá para o Vietnã após concluir sua visita a Cingapura nesta terça-feira.

Related posts
MundoPolítica

EUA comprometem-se a doar mais 500 milhões de vacinas a países mais pobres

MundoPolítica

Ocidente pede a Teerão que volte às negociações sobre questão nuclear

Sociedade

Biden anunciará 'boas notícias' para as mudanças climáticas na ONU

MundoSociedade

Covid matou mais nos EUA do que a gripe espanhola

Assine nossa Newsletter