Mamilo exposto. Instagram pede desculpa por censurar cartaz de filme de Almodóvar - Plataforma Media

Mamilo exposto. Instagram pede desculpa por censurar cartaz de filme de Almodóvar

No Twitter, o autor do cartaz agradeceu “a todos os que tornaram possível” a reversão da retirada das imagens, estendendo a gratidão também ao realizador Pedro Almodóvar “pela valentia, integridade e liberdade”.

Arede social Instagram pediu desculpa por censurar o cartaz oficial do novo filme do realizador espanhol Pedro Almodóvar, “Madres Paralelas”, que inclui um mamilo feminino.

A Facebook, proprietária do Instagram, confirmou à agência Associated Press, na quarta-feira, que várias imagens do cartaz de “Madres Paralelas”, que mostra um mamilo lactante, foram retiradas “por violar as regras contra nudez”, depois de terem sido publicadas na segunda-feira.

“Fazemos, porém, exceções que permitem nudez em algumas circunstâncias, o que abrange claros contextos artísticos. Assim, restaurámos as publicações partilhando o poster do filme de Almodóvar no Instagram e lamentamos qualquer confusão causada”, disse a empresa num comunicado, entretanto também partilhado pelo autor do cartaz, Javier Jaén, que acusou a rede social de censura.

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter