Novo Plano Quinquenal voltado para o consumo interno e indústrias de ponta

Novo Plano Quinquenal voltado para o consumo interno e indústrias de ponta

O órgão máximo legislativo da China, a Assembleia Popular Nacional (APN) aprovou ontem o novo Plano Quinquenal que determina as directrizes políticas e económicas para os próximos cinco anos, focando-se desta vez no desenvolvimento das indústrias de alto valor agregado.

O documento visa a autonomia da tecnologia doméstica, para evitar que mudanças geopolíticas afectem as cadeias de abastecimento, numa altura em que enfrenta uma prolongada guerra comercial e tecnológica contra os Estados Unidos.

O Plano Quinquenal determina como áreas-chave para o desenvolvimento do país a robótica, veículos eléctricos, equipamento médico, máquinas agrícolas, construção naval, o sistema de navegação global por satélite Beidou ou terras raras – matérias-primas essenciais para o fabrico de telemóveis, computadores e baterias eléctricas.

Isto surge numa altura em que a China enfrenta tentativas de conter o seu salto tecnológico, à medida os Estados Unidos bloqueiam exportações de alta tecnologia para o país, incluindo ‘chips’ processadores e outros componentes necessários no fabrico de tecnologia.

Related posts
ChinaEconomia

Conselho de Estado elencou prioridades para fortalecer a recuperação económica

ChinaMacau

Princípio ‘Macau governado por patriotas’ é “responsabilidade de todos os residentes”

ChinaHong Kong

Pequim promete reforçar “princípio fundamental” de “patriotas a governar HK”

EconomiaMacau

Plano quinquenal trouxe poucas mudanças

Assine nossa Newsletter