Manaus pode ter que recorrer a oxigênio da Venezuela, diz prefeito - Plataforma Media

Manaus pode ter que recorrer a oxigênio da Venezuela, diz prefeito

Ao comentar o colapso do sistema de saúde do estado do Amazonas, prefeito disse que este é “o dia mais triste da história”

David Almeida (Avante), prefeito de Manaus, disse nesta quinta-feira (14) ao Brasil Urgente que este é o “dia mais triste da nossa história” ao comentar a falta de oxigênio nas unidades de saúde e o toque de recolher decretado pelo governo local para tentar conter o avanço da chamada “segunda onda” do coronavírus no Amazonas. Segundo ele, o estado pode ter que recorrer à Venezuela para conseguir novos estoques do insumo.

“Por incrível que pareça a Venezuela é o único lugar para o qual podemos sair [em busca de oxigênio]. O caminho é Manaus, Boa Vista e Venezuela. Essa é a realidade. A situação ainda pode se agravar. Até os hospitais particulares estão entrando em colapso”, disse.

Leia mais em Band

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Grupo português conclui entrega de 4.000 casas na Venezuela

MoçambiquePolítica

Governo da Venezuela condecora antigo Presidente moçambicano Joaquim Chissano

PolíticaPortugal

Venezuela: Embaixada de Portugal cria página no Facebook para divulgar informações

MundoSociedade

Venezuela: Detido polícia por abuso sexual de crianças e adolescentes

Assine nossa Newsletter