Vacina em tempo recorde? "Não foi um milagre e é tudo lógico" - Plataforma Media

Vacina em tempo recorde? “Não foi um milagre e é tudo lógico”

O virologista Pedro Simas defendeu esta terça-feira a necessidade de transmitir que a descoberta de vacinas para a Covid-19 em tempo recorde não é algo precipitado para que as pessoas percebam a lógica científica e não as temam.

“Não foi um milagre e é tudo lógico. É importante transmitir isso às pessoas para lhes dar segurança para que adiram à vacina e não achem que foi uma coisa precipitada e que a vacina não é segura”, disse o virologista enquanto participava esta tarde na conferência “Como vamos viver depois da pandemia?”, organizada pelo Jornal de Notícias em parceria com a câmara de Vila Nova de Gaia.

Na sessão, que decorreu via ‘online’, Pedro Simas explicou “a combinação de três coisas” que permitiu chegar a vacinas contra o coronavírus, começando pelo atual “avanço tecnológico que permite fazer tudo muito mais rapidamente” e lembrando que “a comunidade científica e a industrial se reuniram e concentraram esforços para cortar todas as burocracias”.

“A terceira razão – e a mais importante de todas porque é essa que faz com que isto não seja um milagre – é que com base do conhecimento que tínhamos dos coronavírus, sabíamos que conseguíamos produzir uma vacina que ia produzir uma boa resposta”, referiu.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Pazuello garante início da vacinação contra Covid 5 dias após aval da Anvisa

PortugalSociedade

Covid-19. Portugal tem menos doentes internados e nos cuidados intensivos

Assine nossa Newsletter