Afeganistão diz que matou chefe da Al-Qaeda

por Guilherme Rego

Neste domingo (25), o Afeganistão afirmou que matou um dos chefes da Al-Qaeda durante uma operação. Husam Abd al-Rauf integrava a lista dos mais procurados pelo FBI, agência federal norte-americana.

A morte de Abu Muhsin al-Masri, nome de guerra do chefe da Al-Qaeda, acontece após semanas de violência. Nos últimos dias, um atentado suicida assumido pelo Estados Islâmico deixou 24 mortos perto de Cabul.

Os detalhes da operação ainda não foram informados pelo país. A morte de Husam foi informado pelo serviço de inteligência do Diretório Nacional de Segurança do Afeganistão pelo Twitter.

Leia mais em IstoÉ.

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!