10 iguarias de Macau - Plataforma Media

10 iguarias de Macau

Macau tem uma das mais fascinantes origens culturais da Ásia. O histórico com Portugal tornou a região num ponto de encontro entre os povos do Oriente e Ocidente. Esta região com uma área de 44,52 mi² e uma população de 631.636, tem muito para oferecer a quem a visita. 

Muitos aproveitam a vinda à cidade para fazer compras nos grandes e luxuosos centros comerciais instalados no Cotai (faixa de terra conquistada ao mar que liga as ilhas da Taipa e Coloane e que alberga as grandes operadoras de jogo e cadeias de hotéis) e fazer as suas apostas jogar nos casinos. Porém, há muito que fazer em Macau. E descobrir a gastronomia local é uma das escolhas que pode revelar-se reconfortante. 

Macau integra desde o final de 2017 a Rede de Cidades Criativas da UNESCO na área da Gastronomia. A região é conhecida pela culinária de fusão. Onde se misturam os sabores da culinária portuguesa, chinesa, indiana e malaia, num cruzamento que faz dos pratos locais uma experiência distintiva. O PLATAFORMA de Sabores dá-lhe a provar o Top 10 da gastronomia local.

Pastéis de nata

O pastel de nata é uma massa de torta de ovo polvilhada com canela. É tradicionalmente originária de Portugal, mas também muito popular em Macau e em antigas colónias de Portugal, como o Brasil. De acordo com o programa BBC good food, a padaria Lord Stow, situada na vila de Coloane, vende cerca de 13 mil pastéis de nata por dia. É sem dúvida uma das sobremesas locais mais populares e quem visita Macau não pode deixar de provar um pastel de origem portuguesa, que já se tornou num dos favoritos na Ásia. 

Costeleta de porco no pão

Classificada como comida de conforto, a um preço acessível, a costeleta de porco no pão encontra-se por toda a cidade. Trata-se de uma costeleta de porco marinada que é posteriormente frita e servida numa sandes de pão fresco. 

Dim Sum

Dim sum é uma grande variedade de pequenos pratos tradicionalmente de Cantão servidos em restaurantes no período que vai do pequeno-almoço ao almoço. Em Macau, o dim sum é servido em cafés, restaurantes e também em bancas de comida de rua espalhadas pela cidade. O menu do dim sum pode ser muito variado, mas inclui quase sempre diferentes tipos de pães cozidos ao vapor, rolos de massa de arroz e bolinhos, os quais apresentam uma gama de recheios e ingredientes que vai da carne de porco ao camarão, passando pelo frango e os legumes. 

Minchi

O Minchi é um dos pratos mais comuns e tradicionais em Macau. É possível prová-lo em muitos e diferenciados restaurantes de Macau. A receita de minchi pode ser diferente de restaurante para restaurante (em muitos casos, as receitas têm origem na tradição familiar), mas os ingredientes base são a carne picada, a cebola e a batata. A carne é frita com cebola e alho. Depois é temperada com molho de soja e malagueta. Finalmente, acrescenta-se batata frita cortada em cubos. Algumas receitas incluem pó de caril, canela em pó e pasta de tomate. O minchi é acompanhado com arroz branco e um ovo estrelado por cima. 

Galinha Africana

A galinha africana é um dos pratos de assinatura da cozinha macaense. E um símbolo da cozinha de fusão de Macau. O prato foi criado por chef Américo Angelo nos anos 40 do século passado. Dizem que foi inspirado no frango assado que se servia nas antigas colónias de Moçambique e Angola, antigas colónias portuguesas em África. O prato é composto por frango grelhado na brasa, servido com um molho feito de manteiga de amendoim, coco ralado e algumas especiarias. A ave é previamente temperada com muito louro, alho e vinho branco ou tinto. 

Espetos de bola de peixe 

Os espetos de bolas peixe são muito populares nas ruas de Macau. As bolas de peixe são cozidas ou fritas e servidas acompanhadas de um caldo. 

Bak Kwa

É um produto chinês de carne seca salgada e doce. Tem uma textura crocante. O Bak Kwa é vendido em algumas padarias e lojas, especialmente no centro histórico da cidade. É tradicionalmente feito de carne de porco, carne de bovino ou carneiro e preparado com especiarias, açúcar, sal, molho de soja. Depois é seco em prateleiras. 

Bolos de amêndoa

Estes famosos bolinhos/bolachas de Macau têm como principais ingredientes a amêndoa, a farinha de feijão, encurtamento e açúcar. São muito apreciados entre os turistas. É comum verem-se muitos viajantes a passear pelo centro histórico da cidade com as caixas coloridas destes biscoitos na mão. Crocantes e saborosos são, provavelmente, um dos presentes preferidos por quem visita a cidade. 

Noodles

Depois do arroz, os noodles serão o segundo prato mais servido na China, e Macau não é exceção. Os noodles são feitos à base de uma massa fina que é enrolada, cortada, esticada em tiras ou cordas longas. Em muitos restaurantes em Macau os noodles são servidos acompanhados com ovas de camarão. 

Serradura

Mais uma sobremesa de origem portuguesa que se tornou muito popular em Macau. A serradura é maioritariamente encontrada em restaurantes de culinária macaense e portuguesa. A sobremesa é feita com natas, bolachas e baunilha e servida numa taça.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter