Migrantes marroquinos fugiram do quartel em Tavira. Quatro já foram localizados - Plataforma Media

Migrantes marroquinos fugiram do quartel em Tavira. Quatro já foram localizados

A TSF sabe que dois dos migrantes já foram detidos

Alguns dos migrantes marroquinos que chegaram ao Algarve, no mês passado, de forma ilegal, fugiram esta noite, do quartel de Tavira, onde estavam instalados, por dois deles terem testado positivo à Covid-19, adianta o SEF em comunicado.

Em Tavira, estavam 24 migrantes, vigiados pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), e 17 fugiram. O SEF adianta que quatro migrantes já foram localizados. Um deles foi capturado junto à estação de caminhos-de-ferro de Tavira, estava ferido, com um pé partido e foi transportado para o Hospital de Faro. No quartel continuam os dois migrantes infetados com Covid-19.

“Dos 28 cidadãos marroquinos (incluindo 1 menor), desembarcados na Ilha Deserta no passado dia 15 de setembro, 24 cidadãos masculinos foram instalados no Quartel de Tavira. As três mulheres foram instaladas na Unidade Habitacional de Santo António, no Porto. O menor foi entregue ao Tribunal de Família e Menores de Faro.”, pode ler-se também no comunicado.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Migrantes fugiram de um quartel do Exército em Tavira. Um está infetado com Covid-19

MundoPolítica

Partido de extrema direita alemão destituiu membro que propôs ‘gasear’ migrantes

PolíticaPortugal

Capacidade esgotada no SEF. Governo põe migrantes em cadeias e quartéis

EconomiaPortugal

Como os japoneses fizeram renascer a tradição algarvia da pesca do atum

Assine nossa Newsletter