Médico congolês Nobel da Paz que tratou vítimas está a ser alvo de ameaças de morte - Plataforma Media

Médico congolês Nobel da Paz que tratou vítimas está a ser alvo de ameaças de morte

O famoso ginecologista Denis Mukwege, da República Democrática do Congo, que em 2018 recebeu o Nobel da Paz por tratar vítimas de violência sexual, tem recebido ameaças de morte. Uma ONG apelou às Nações Unidas para que o proteja

A ONG Physicians for Human Rights (PHR, Médicos pelos Direitos Humanos em português) denunciou que o cirurgião ginecologista Denis Mukwege, da República Democrática do Congo (RDC), tem a vida em risco, noticiou a BBC. Mukwege, que recebeu o Nobel da Paz em 2018, tem vindo a receber várias ameaças de morte através de mensagens de texto. “Está a ser alvo de uma campanha de intimidação”, alerta a ONG.

Segundo a PHR, as ameaças são a resposta ao facto de o cirurgião ter apelado repetidas vezes que os responsáveis por sérias violações dos direitos humanos durante as guerras do Congo, entre 1993 e 2003, venham a ser julgados e condenados.

Em julho passado, o ministro da Defesa do Ruanda, general James Kabarebe, denunciou Denis Mukwege na televisão. Segundo o general, o Nobel da Paz congolês está entre “aqueles que espalham falsa propaganda sobre o Exército do Ruanda ter assassinado civis no Congo”.

A PHR apela, por isso, às Nações Unidas para assegurarem uma “proteção contínua” a Denis Mukwege e à sua equipa clínica no hospital de Bukavu, leste da RDC.

Related posts
Mundo

Lava atinge aeroporto na RDC após erupção

Lifestyle

Atriz Ashley Judd sofre acidente grave em floresta no Congo

CulturaMundo

Wole Soyinka, primeiro negro vencedor do Nobel da Literatura, quer Trump banido da política

Guiné-BissauPolítica

Presidente do Congo em Bissau para homenagear Amílcar Cabral e ‘Nino’ Vieira

Assine nossa Newsletter