A foto que põe a família real de novo no meio do escândalo Epstein -

A foto que põe a família real de novo no meio do escândalo Epstein

Ghislaine Maxwell, a ex do milionário que morreu na prisão quando era acusado de abuso sexual, surge sentada no trono da rainha Isabel II. Ao seu lado o ator Kevin Spacey, igualmente acusado de vários crimes sexuais, no do duque de Edimburgo.

A ex-namorada de Jeffrey Epstein, que foi detida esta semana por suspeita de o ajudar a preparar menores que eram depois vítimas de abuso sexual, foi fotografada em 2002 no trono da rainha Isabel II. A foto terá sido tirada durante uma visita privada ao Palácio de Buckingham, organizada pelo príncipe André, a quem algumas menores acusam de abuso sexual.

Ao lado de Ghislaine Maxwell, no trono do duque de Edimburgo, senta-se o ator Kevin Spacey, conhecido por papéis em filmes como Beleza Americana ou séries como House of Cards, que também já foi acusado de vários crimes sexuais. As acusações puseram fim à sua carreira, apesar de terem sido retiradas em julho do ano passado. Spacey sempre negou tudo.

A fotografia foi publicada na sexta-feira à noite no site e no sábado no jornal britânico The Daily Telegraph e volta a deixar a família real no meio do escândalo, que já obrigou o príncipe André, duque de Iorque, a afastar-se da vida pública. No artigo alega-se que Maxwell “nunca irá vender” o filho da rainha, isto é, oferecer informações que o possam prejudicar.

Leia mais em Diário de Notícias

Este artigo está disponível em: English

Assine nossa Newsletter