Escritório em HK visa crimes que ameaçam gravemente a segurança nacional - Plataforma Media

Escritório em HK visa crimes que ameaçam gravemente a segurança nacional

A jurisdição do Escritório do Governo Popular Central para Salvaguardar a Segurança Nacional na Região Administrativa Especial de Hong Kong (RAEHK) visa apenas muito poucos casos criminais que ameaçem severamente a segurança nacional, disse um legislador chinês esta quarta-feira.

Shen Chunyao, diretor da Comissão dos Assuntos Legislativos do Comité Permanente da Assembleia Popular Nacional da China, fez observações numa conferência de imprensa sobre a Lei da República Popular da China sobre a Salvaguarda da Segurança Nacional na RAEHK, que entrou em vigor na terça-feira.

De acordo com a lei, o escritório deve exercer jurisdição sobre um caso relativo a ofensas que coloquem em risco a segurança nacional, se o caso for complexo e houver o envolvimento de um país estrangeiro ou de elementos externos, tornando assim difícil para a RAEHK exercer jurisdição sobre o caso; ou se ocorrer uma situação grave em que o governo da RAEHK seja incapaz de aplicar efetivamente a lei; ou ainda se uma grande e iminente ameaça à segurança nacional tiver ocorrido.

“Não queremos ver Hong Kong a enfrentar dificuldades ou grandes e iminentes ameaças à segurança nacional, mas a construção institucional deve levar em consideração todos os riscos e fatores”, disse Shen.

O procedimento da jurisdição do escritório sobre casos que ponham severamente em risco a segurança nacional na RAEHK tem limites muito rigorosos e específicos, que são determinados nos artigos 55º, 56º e 57º da lei, disse.

Tais limites são uma demonstração significativa da governação do governo central sobre a RAEHK, de acordo com a Constituição da China e da Lei Básica da RAEHK, e apoiarão melhor a aplicação efetiva da lei e a jurisdição da RAEHK, de acordo com Shen.

Artigos relacionados
ChinaHong Kong

Hong Kong: oito ex-deputados e ativistas pró-democracia detidos

ChinaHong Kong

Bombas incendiárias lançadas contra clube da polícia de Hong Kong

ChinaHong Kong

Mais de 60 pessoas presas em Hong Kong no Dia Nacional da China

Hong KongPolítica

Activista:“Um país, dois sistemas” já não é útil para Taiwan

Assine nossa Newsletter