"Resgate" é o primeiro filme moçambicano a entrar no catálogo da Netflix - Plataforma Media

“Resgate” é o primeiro filme moçambicano a entrar no catálogo da Netflix

O catálogo da Netflix ganhará, pela primeira vez, uma produção 100% moçambicana. O longa-metragem “Resgate”, realizado e escrito pelo moçambicano Mickey Fonseca, estreará na plataforma durante o mês de julho

O filme foi parcialmente financiado via crowdfunding e rodado em Moçambique em 2017. Resgate centra-se na história de Bruno, que quer mudar de vida depois de ter passado quatro anos na prisão e conhecer finalmente a filha bebé que partilha com Mia.Tenta encontrar, primeiro sem sucesso, um trabalho como mecânico, a profissão em que se especializou. A tia, irmã da sua recém-falecida mãe, arranja-lhe um emprego numa garagem. Mas este novo plano de vida cai por terra quando, sem aviso, o banco ameaça despejá-lo da casa da mãe se não pagar o empréstimo, por ele desconhecido, que ela contraiu antes de morrer. E é aí que vai ter de voltar ao mundo do crime.

Em 2019, “Resgate” foi exibido em salas de cinema comerciais em Moçambique, Angola e Portugal, além de ter sido mostrado nos festivais do Burkina Faso e do Zimbabué.

O filme também se consagrou nas categorias Melhor Argumento e Melhor Direção de Arte no Africa Movie Academy Awards (AMA Awards), os Óscares do cinema africano, que se realizam anualmente na Nigéria.

Assine nossa Newsletter