Bolsonaro falou em nome dos militares e eles não gostaram - Plataforma Media

Bolsonaro falou em nome dos militares e eles não gostaram

Presidente, vice Mourão e ministro da Defesa assinaram texto em nome das Forças Armadas

A nota em que o presidente Jair Bolsonaro, o vice Hamilton Mourão e o ministro Fernando Azevedo (Defesa) dizem que as Forças Armadas não cumprirão “ordens absurdas” foi reprovada por setores da cúpula militar e pelo seu alvo, os ministros do Supremo Tribunal Federal.

O texto foi elaborado na noite de sexta (13), após o ministro Luiz Fux conceder uma decisão provisória delimitando a interpretação do artigo 142 da Constituição, que regula o emprego dos militares.​

Leia mais em Folha de S. Paulo

Related posts
BrasilPolítica

Bolsonaro apelida semipresidencialismo como sistema "idiota"

BrasilPolítica

Relatório da CPI fará acusações duras contra Bolsonaro

BrasilPolítica

Para defender Bolsonaro, PGR coloca em xeque eficácia de máscara contra a Covid-19

BrasilChina

Brasil se consolida como principal destino sul-americano de investimentos chineses

Assine nossa Newsletter