Três suspeitos do Estado Islâmico presos no sul da Espanha - Plataforma Media

Três suspeitos do Estado Islâmico presos no sul da Espanha

Três membros do Estado Islâmico (EI), incluindo um descrito como “um dos combatentes estrangeiros mais procurados”, foram presos na cidade de Almeria, no sul da Espanha, confirmou o Ministério do Interior da Espanha.

O ministério disse na noite de terça-feira que o combatente está na “zona de conflito Síria-Iraque há vários anos e tem traços de personalidade muito peculiares, como um perfil criminal extremamente violento”. Ele acrescentou que “parte de sua trajetória no DAESH (sigla em árabe) foi mostrada em diversas mídias audiovisuais e na imprensa escrita … mostrando imagens, algumas de extrema violência, de seus crimes na zona de conflito”.

Embora o ministério não tenha dado mais detalhes sobre o islamita, exceto por ele ser “egípcio”, relatos da mídia britânica disseram que o homem é Abdel-Majed Abdel Bary, um rapper de Londres.

A Polícia Nacional Espanhola disse que ainda está a trabalhar para identificar os outros dois detidos e tentar descobrir se “eles também são terroristas retornados da Síria” ou se estavam a fornecer “apoio logístico”.

A polícia explicou que recebeu informações de que Abdel Bary havia entrado na Espanha ilegalmente do norte da África e que, enquanto ele e seus companheiros moravam em Almeria, “adaptaram seu comportamento às circunstâncias do ‘Estado de alarme’ como consequência da COVID-19 pandemia, fazendo poucas saídas, separadamente e sempre com máscaras para evitar serem detetados “.

Artigos relacionados
FuturoMundo

Hidroxicloroquina não previne contágio nem combate a Covid-19, diz estudo

MoçambiqueMundo

Cabo Delgado: Mais de 500 detidos na Tanzânia serão extraditados para Moçambique

MoçambiquePolítica

Cabo Delgado: No ataque terrorista à missão católica "só ficaram mesmo as paredes"

MundoSociedade

As mulheres que serviram como dupla mortal para grupo Talibã

Assine nossa Newsletter