Celebrar os 70 anos - Plataforma Media

Celebrar os 70 anos

Este ano, o dia 1 de outubro marcou o 70º aniversário da criação da República Popular da China, e o ponto alto e foco de atenção de toda a comunidade internacional foram as marchas em Tiananmen, divididas em duas partes: a demonstração militar e um desfile. Durante a demonstração militar, as forças ficaram alinhadas na Avenida de Chang’an, sob o olhar de Xi Jinping, Secretário Geral do Partido Comunista da China, líder nacional e Presidente da Comissão Militar Central; O desfile passou pela praça de Tiananmen, com marchas de soldados, armas e aviões, sendo um dos maiores desfiles dos últimos anos. Eram 15 regimentos, incluindo tropas femininas, universitárias, civis, reservas, milícias e forças armadas. O desfile armado foi dividido entre operações terrestres, marítimas, defesa aérea, operações antimísseis, operações de informação, formações autónomas, instalações de segurança, ataque estratégico, e outros sete módulos num total de 32 grupos. A formação aérea tinha 12 grupos, incluindo forças de sinalização, de bombardeamento, de transporte e de combate.

Mas para aqueles que não são fãs de armas ou de militares, o desfile das tropas a pé foi o ponto forte. Foi também a primeira vez que alguns dos 15 grupos destas tropas apareceram, vindos dos cinco comandos do Exército de Libertação do Povo, das Forças Armadas, Forças de combate e da Força Policial, exibindo o novo sistema de liderança, administração e construção, tal como a primeira presença das forças militares de ensino superior nas quais doutorados e mestres são 71 por cento dos participantes. É o grupo com mais qualificações, os chamados “estudiosos”. As forças civis também tiveram um papel importante, como forma de mostrar o valor que têm na reforma militar. Grande parte deles foram liderados por generais, em número inédito, ficando assim o evento marcado na história como o maior número de comandantes reunidos. É importante também mencionar que as tropas femininas foram lideradas por duas comandantes mulheres.

Muitos generais foram convidados para o desfile, exibindo a sua liderança, vários com mais de 60 anos, entre jovens militares e soldados, treinados juntos como forma de refletir a necessidade de liderança para alcançar vitória. Embora já tenham passado três dias desde o desfile do 70º aniversário, a memória da grandiosa ordem do desfile militar está ainda presente. Tal como todos os desfiles anteriores, o espírito e emoção estão ainda vivos. Mas o exército chinês não é o mesmo. Desta vez os requisitos para a marcha foram mais exigentes. Os passos ao alto tiveram de ser 30 centímetros mais acima e os passos tinham de ter exatamente 75 centímetros. Cada soldado marchou um total de 128 passos, nenhum podendo estar em falta, com a cabeça a 45 graus e marchando a 112 passos por minuto, com as armas todas na mesma posição.

De forma a garantir que o desfile ficaria perfeito, os soldados treinaram um total de 10 horas por dia ao longo de vários meses, percorrendo cerca de 21 quilómetros por dia. Uma dedicação difícil de imaginar. Quando assistimos ao grande espetáculo que foi o desfile militar é impossível esquecer o suor e devoção por detrás desta celebração.

David Chan 04.10.2019

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
Opinião

Liberalismo selvagem

Opinião

A Carne De Porco É Cara? Criemos Porcos!

Opinião

Pedido de Compensação Americano Terá Lugar Amanhã

Opinião

O caminho da montanha

Assine nossa Newsletter