O espírito do tempo - Plataforma Media

O espírito do tempo

Macau tem alma grande, uma história irrepetível, um futuro maior do que se pode ver… mas também os limites da terra pequena, da falta de mundo, da imaturidade da jovem autonomia. A natureza da aldeia – lenta e conservadora – gosta da ordem, menoriza o progresso. Os chefes ocupam muito espaço, o braço do Palácio é longo e pesado. Chui Sai On está de saída, Ho Iat Seng dá sinais de já ter chegado; importa evitar guerras tribais e vinganças pessoais. Os próximos seis meses moldam a transição, as relações, o espírito do tempo.

Leia mais em Plataforma Media.

Paulo Rego 17.05.2019

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
Opinião

Liberalismo selvagem

Opinião

A Carne De Porco É Cara? Criemos Porcos!

Opinião

Pedido de Compensação Americano Terá Lugar Amanhã

Opinião

O caminho da montanha

Assine nossa Newsletter