Ponte em português

por Arsenio Reis

António Guterres tem um percurso único e uma forma especial de liderar. Enquanto primeiro-ministro de Portugal, mostrou visão política e ambição estratégica, mas nem sempre se impôs. Insistia em negociar quando melhor era executar, fugia ao conflito e era avesso à contestação. Defeitos numa liderança executiva vistos como méritos nas Nações Unidas, onde chega a secretário-geral, após dez anos como comissário para os Refugiados. Não está no topo do mundo por ser português, mas é uma ponte que dá mais mundo a Portugal.
O mundo não está fácil. E a governação global perde terreno na resolução de conflitos. Multiplicam-se os choques religiosos, militares, financeiros e sociais, que vão da crise económica ao terrorismo, passando pelo drama dos refugiados; aumenta a percepção de insegurança, multiplicam-se os nacionalismos e os radicalismos políticos… Procuram-se líderes especiais.
Há em Washington um conflito surdo com Pequim e uma surpreendente aproximação a Moscovo, com um amigo de Putin a liderar a diplomacia norte-americana. A Turquia é hoje um barril de pólvora, a invasão da Crimeia mina o Direito Internacional, o terrorismo islâmico não acaba, mesmo que perca esta guerra, a economia global não responde aos anseios da maioria da população, a tensão é global, imprevisível e difícil de gerir. Este é o mundo a que chega Guterres – e não muda só por ele.
Mas há uma coisa que muda – também para Macau. Aqui, como em Luanda, Brasília ou Lisboa, há agora uma ponte diferente e mais próxima. Pode não ser pessoal, embora haja cá quem o conheça, mas é pelo menos linguística e cultural. Está no topo das Nações Unidas uma visão do mundo que pode ajudar a própria China a encaixar melhor a estratégia da lusofonia. Guterres percebe isso, conhece bem Macau e sabe que a China cresce também para a governação global. O novo secretário-geral da ONU é uma peça que bate certo com a estratégia de pôr Macau a falar com o mundo português.

Paulo Rego

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!