DUNDO RECONHECIDA COMO CAPITAL DE LUNDA NORTE - Plataforma Media

DUNDO RECONHECIDA COMO CAPITAL DE LUNDA NORTE

 

Dundo, na Lunda Norte, passou esta semana a cidade e foi reconhecida oficialmente como capital daquela província angolana, segundo decisão do Conselho de Ministros, reunido em Luanda sob a direção do Presidente José Eduardo dos Santos.

O anúncio foi feito à imprensa pelo governador da Lunda Norte no final da 9.ª sessão ordinária do Conselho de Ministros. De acordo com Ernesto Muangala, desde 1978 que se previa a construção de uma cidade em Lucapa, para capital da Lunda Norte, o que acabou por não acontecer “devido à guerra” civil.

Entretanto, avançou a construção da nova cidade capital, que corresponde à área que junta as antigas vilas do Dundo e de Tchitato, que distam quase vinte quilómetros entre si.

“O Dundo pode vir a ser a maior cidade do leste e uma das maiores do país”, admitiu o governador. Nesse sentido, esclareceu Muangala, a primeira das quatro fases do programa de urbanização da agora cidade do Dundo já permitiu a construção de 5.004 apartamentos – de um total projetado superior a 20 mil -, uma escola com 50 salas de aula, um hospital com mais de 100 camas e um infantário para 500 crianças.

Segundo o recenseamento da população realizado em maio, a província da Lunda Norte conta com 799.950 habitantes, correspondente a apenas 3,3 por cento do total de Angola.

Com o novo enquadramento, a cidade do Dundo contará com três distritos urbanos, designadamente Chitato, Dundo e Muvuluege. Além disso, a comuna do Louvua, ao abrigo desta reorganização, vai ser promovida a décimo município da Lunda Norte.

A província da Lunda Norte, resultante de uma alteração à divisão político-administrativa, foi criada em 1978, quatro anos depois do fim do período colonial português em Angola, com a separação da então província da Lunda em Norte e Sul.

A capital da província da Lunda Sul é Saurimo.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter