COMÉRCIO CHINA/CPLP SEMPRE EM ALTA - Plataforma Media

COMÉRCIO CHINA/CPLP SEMPRE EM ALTA

 

Comércio entre a China e os países de língua portuguesa aumentou 4,06% entre janeiro e setembro deste ano para um total de 102,58 mil milhões de dólares.

 

De acordo com os números disponibilizados pela alfândega chinesa, a China vendeu aos países de língua portuguesa produtos no valor de 33,24 mil milhões de dólares, numa subida de 3,98%, e comprou produtos no valor de 69,34 mil milhões de dólares, o que representa um crescimento de 4,10%.

O Brasil, como principal parceiro lusófono da China, registou trocas comerciais globais no valor de 68,23 mil milhões de dólares, ou mais 1,38% face aos primeiros nove meses de 2013. De Pequim para Brasília seguiram produtos no valor de 25,69 mil milhões de dólares, num decréscimo de 2,58% e em sentido inverso produtos no valor de 42,53 mil milhões de dólares, um aumento de 3,94%.

Já com Angola, o segundo parceiro lusófono da China, as trocas comerciais totalizaram 28,26 mil milhões de dólares, a traduzirem um aumento de 4,31%, com Pequim a vender ao país africano produtos no valor de 3,88 mil milhões de dólares, ou mais 38,45%, e a comprar produtos no valor de 24,37 mil milhões de dólares, uma subida de 0,28%.

Com Portugal, o terceiro país da lusofonia com maior peso no comércio, as trocas comerciais totalizaram 3,61 mil milhões de dólares, mais 24,93% do que entre janeiro e setembro de 2013.

De Pequim seguiram para Lisboa produtos no valor de 2,33 mil milhões de dólares, uma subida de 27,07% enquanto em sentido inverso as compras chinesas totalizaram 1,28 mil milhões de dólares, mais 21,21%.

Apesar de um forte crescimento, a China continua a vender a Portugal mais produtos e a manter uma balança comercial positiva para o seu lado.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter