AUMENTAM TROCAS COMERCIAIS CHINA/CPLP - Plataforma Media

AUMENTAM TROCAS COMERCIAIS CHINA/CPLP

 

As trocas comerciais entre a China e os países lusófonos atingiram um total de 90 mil milhões de dólares  entre janeiro e agosto, representando um crescimento homólogo de 4,69 por cento.

Neste período, a China importou dos países de língua portuguesa 61 mil milhões de dólares (48 mil milhões de euros), um acréscimo de 5,55% em relação ao ano passado, segundo as estatísticas dos Serviços da Alfândega da China.

Já as exportações da China para os países lusófonos, atingiram 29 mil milhões de dólares, representando um aumento homólogo de 2,95%.

O Brasil, que registou mais 2,50% nas trocas comerciais com a China, comprou a Pequim produtos no valor de 22,67 mil milhões de dólares, a traduzir uma variação negativa de 2,45%. No que toca às exportações para a China, o Brasil vendeu produtos no valor de 37, 63 mil milhões de dólares  mais 5,74 do que entre janeiro e agosto de 2013.

Angola é o segundo maior parceiro lusófono da China e viu o comércio bilateral ampliar-se 6,28%. O país recebeu de Pequim produtos no valor de 3,18 mil milhões de dólares, mais 29,34%, mas vendeu produtos no valor de 21,77 mil milhões de dólares, mais 3,58%.

Portugal foi, entre os principais parceiros lusófonos o que registou maior crescimento percentual nas trocas comerciais, 25,15%. Lisboa vendeu a Pequim produtos no valor de 1,14 mil milhões de dólares, ou mais 22,04%, tendo adquirido produtos no valor de cerca de dois mil milhões de dólares, ou mais 26,93%.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter