Início » China está ativamente a alimentar a crise de fentanil nos EUA

China está ativamente a alimentar a crise de fentanil nos EUA

Investigadores da Câmara dos Representantes acederam a um portal do governo chinês que revelava descontos fiscais para a produção de precursores específicos do fentanil, bem como de outras drogas sintéticas, desde que essas empresas as vendessem fora da China.

A China está a alimentar a crise do fentanil nos EUA, subsidiando diretamente o fabrico de materiais que são utilizados pelos traficantes para fabricar a droga fora do país, segundo um relatório divulgado esta terça-feira em Washington.

No documento, elaborado por uma comissão especial da Câmara dos Representantes, os investigadores alegam ter acedido a um portal do governo chinês que revelava descontos fiscais para a produção de precursores específicos do fentanil, bem como de outras drogas sintéticas, desde que essas empresas as vendessem fora da China.

“Através das suas ações, como o nosso relatório revelou, o Partido Comunista Chinês está a dizer-nos que quer mais fentanil a entrar no nosso país”, disse o deputado Mike Gallagher, o presidente republicano da comissão especial da Câmara, acusando as autoridades chinesas de quererem “o caos e a devastação que resultaram da epidemia”.

Leia mais em Diário de Notícias

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!